Cultura Viva de luto

Mãe Isabel, como era tratada por muita gente foi uma das mulheres negras difusoras dos princípios e conceitos da Economia Solidária no Estado de São Paulo e no Brasil. Lutas contra a intolerância religiosa, o genocídio da juventude negra, a violência contra mulher também ocupara boa parte da militância da Ekede Isabel Cristina Alves na cidade de Hortolândia, Região Metropolitana de Campinas.


Mãe Isabel em atividade no Ponto de Cultura Caminhos

Mãe querida, irmã e tia amada, amiga incondicional, desde que seus princípios fossem respeitados, para as batalhas do dia a dia. Como mulher negra superou e venceu todas as adversidades impostas a uma guerreira de sua natureza.

Mãe Isabel deixa esse plano com exemplos de ações e lições executadas. Deixa nessa dimensão tarefas para serem comprometidas em nome da luta permanente que foi a sua história. Empreendedora colaborativa, se tornou referência nacional em Economia Solidária.

Com Mãe Eleonora, sua irmã inseparável, travou debates e divergiu por diversas vezes em razão da melhor estratégia de luta para o barracão, o candomblé, o Ponto de Cultura Caminhos e para os trabalhadores da Economia Solidária.

Coordenadora Regional de Economia Solidária, Isabel também integrou a Comissão Nacional dos Pontos de Cultura. Em Sevilha, na Espanha integrou o GT de Economia Solidária para o aprimoramento e aperfeiçoamento de suas tecnologias. Em Hortolândia coordenava o empreendimento solidário Grife Criolê, e chegou a integrar por duas gestões, o Conselho Municipal de Políticas Culturais do município.

Mãe Isabel vai deixar saudades e memórias. Certeza mesmo é a da sua presença espiritual nas celebrações e encontros culturais.  Para os trabalhadores e trabalhadoras insubmissos à opressão e violência, Isabel deixa o acumulo para o bom proveito de fazedores e militantes nesse universo do Cultura Viva, que ela, com paciência e paixão, ajudou a construir até o seu ultimo dia nesse plano. Grato Mãe

Oxalá Ekede Isabel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here